Home » Aposentados » Pente fino do INSS focado no Auxílio doença e BPC em agosto 2021

Pente fino do INSS focado no Auxílio doença e BPC em agosto 2021

12 de agosto de 2021

Neste mês de agosto, o Instituto Nacional do Seguro Social está efetivando o pente fino do INSS focado no Auxílio doença e BPC. O propósito é desvendar ordenados indevidos e, assim, atingir diminuir os faturas públicos com esses beneficiários .

O INSS iniciou a convocar os beneficiários de Auxílio doença e BPC para fazer comprovação de dados ou verificação doutora. Essa atitude faz pedaço do pente fino do INSS que visa diminuir as despesas do órgão.

Os segurados convocados devem fazer o agendamento da verificação doutora em até 30 dias ou encaminhar os registros exigidos no decorrer o mesmo período . O não agendamento ou o não envio dos registros irá produzir a descontinuação do remuneração.

De conformidade com o INSS, 619 das 724 escritórios da Previdência que detêm atividade de verificação doutora estão operando . Hoje em dia , o tempo regular entre o agendamento e a execução da vistoria é de 39 dias.

Por esse causa , os beneficiários devem permanecer atentos à convocação. De acordo com o INSS , as convocações já começaram por meio de textos de artigo ( pelo número 280-41 ), bilhete ou pelo app “Meu INSS”.

É necessário entender que o fundação de maneira nenhuma entra em relação reto com o segurado para requerer informações ou o envio de imagems de registros . Todas as convocações ou dados aparecem através dos canais oficiais do INSS.

O foco do pente fino do INSS é o vantagem por incapacidade temporária, concedido há mais de seis meses , e o Vantagem de Prestação Continua (BPC/Loas ). Segundo o Instituto, a revisão do vantagem por incapacidade e do BPC segue até o final do ano.

O INSS irá contatar os segurados, por meios dos informações comunicados no registro. Sendo assim, é fundamental que este esteja alterado. Mas, além da convocação, os beneficiários conseguem consultar o solicitado pelo website ou app Meu INSS ou pela principal telefônica 135.

Quem está fora do pente fino do INSS?

  • Pensionistas por invalidez e aposentados inválidos com mais de 60 anos
  • Pensionistas por invalidez e aposentados inválidos com mais de 55 anos e que ganham o privilégio há pelo menos 15 anos
  • Portadores de HIV/AIDS
  • Segurados com vantagens concedidos há mais de 10 anos

Suspensão da perícia médica presencial no INSS

A Associação Nacional dos Médicos Peritos da Previdência (ANMP) atravessou na Juridicidade para suspender a perícia médica presencial. Em justificativa, o órgão assegura que a atitude procria perigo aos segurados e servidores.

O INSS está exigindo a perícia médica dos segurados problema recebendo o auxílio-doença ou BPC sem a inspeção por mais de seis meses. De conformidade com a ANMP, o retorno da verificação doutora presencial é uma improcedência sanitária , comunitário e financeira.

O artigo entregue a Juridicidade, reitera que a infecção dos servidores por Covid-19 ampliou depois o pente fino requerer a inspeção presencial. As perícias médicas voltaram no ano anterior , depois conclusão feito com a aba, assegurando a diminuição no assistência. O meta foi diminuir o perigo de contágio.

Auxílio doença

O ajuda enfermidade ou Privilégio por incapacidade temporária é quitado aos empregados retirados da função por conta a algum tipo de enfermidade . Dessa meio , conseguem ser patologias ou lesões que foram geradas no ofício ou por conta ao atividade exercido ou que não têm nenhuma ligação com o labuto novo .

Para ganhar o privilégio é necessário que o afastamento do colaborador seja mais de 15 dias , por conta à mesma enfermidade . Outra oportunidade são os afastamentos de mais de 15 dias , intercalados em um período de 60 dias. Aléma disso, é essencial receber aos sequentes requisitos:

  • Possuir 12 contribuições mensais à Previdência Comunitário
  • Achar-se incapacitado provisoriamente para o ofício

Confirmar, por meio de laudos e consultas, os complicações de vigor que impossibilitam o lido.

BPC

O Vantagem de Prestação Continuada é uma amparo monetária destinada aos anciões além de 65 anos e cidadãos com carência incapacitados de labutar. Esses necessitam certificar achar-se em caso de vulnerabilidade comunitário, ou seja, possuir uma rendimento per capita mensal de até 25% do pagamento menor.

Além disso, é indispensável achar-se inscrito no Registro Singular de Programas Sociais do Sistema político Federalista (CadÚnico). Os contemplados ganham um pagamento menor todos os meses, contudo sem permissão ao 13º pagamento e a pensão por óbito.

Relacionados

Deixe seu comentário

© 2021 - Renda e Dinheiro – Tudo Sobre Finanças