Home » Pis/Pasep » Que pode levar à perda da aposentadoria?

Que pode levar à perda da aposentadoria?

16 de dezembro de 2021

O que pode levar à perda da aposentadoria? Hoje vamos listar alguns problema que pode levar cancelamento da sua aposentadoria

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) é responsável pelo pagamento de diversos benefícios concedidos pelo Governo. Para ser elegível para recomendações da agência, você geralmente precisa ser um contribuinte da Previdência Social e atender às regras específicas que se aplicam a cada benefício.

Entre os benefícios que levantam mais dúvidas está a aposentadoria, especialmente após a reforma previdenciária de 2019, pois muitas regras foram alteradas.

Pensando nisso, é extremamente importante, além de conhecer certas situações que podem levar à negação de benefícios. Verifique as duas perguntas ao longo do artigo.

Regulamentação atual da perda da aposentadoria

 

Em resumo, pode-se dizer que o INSS, por exemplo, deve ter pelo menos 62 anos e o homem pelo menos 65 anos para se aposentar. Além disso, em ambos os casos é necessário que o segurado cumpra os 15 anos de contribuições previdenciárias (180 contribuições mensais).

Deve-se notar que os contribuintes que trabalham em áreas rurais reduzem o valor necessário Idade em torno de 5 anos, ou seja, 57 anos (para mulheres) e 60 anos (para homens). No entanto, nada muda na regra de contribuição, então você ainda deve ter pelo menos 15 anos de tempo de contribuição.

Vale ressaltar que o INSS atualmente possui diferentes tipos de. concede pensões com finalidades e condições específicas.

Além da aplicação dos chamados regulamentos transitórios para os segurados que estavam relativamente próximos da aposentadoria, com base na data de entrada em vigor da reforma (13 de novembro de 2019).

Portanto, é importante conhecer as regras das diferentes categorias de pensão para que você entenda a que pertence e, portanto, planeje uma boa pensão. Para saber mais, recomendo que você leia o seguinte artigo: Descubra quais os tipos de previdência que o INSS oferece.

Lembre-se, este artigo não envolve consultar um advogado substituído. Isso porque o profissional sabe orientá-lo adequadamente e escolher a melhor estratégia para uma boa aposentadoria podendo liderar. Revise este assunto nos tópicos a seguir, assim como nas configurações para evitar possíveis transtornos.

Mantenha-se informado: É extremamente importante que suas informações sejam consistentes com o sistema do órgão do INSS coleta dados regularmente. Portanto, se forem encontradas discrepâncias, seu benefício pode ser cancelado.

Venha para um exame médico: Este procedimento é obrigatório para benefícios que requeiram prova de incapacidade para o trabalho, como a pensão por invalidez.

O relatório é obrigatório. Portanto, compareça na hora, data e endereço combinados para não perder o benefício.

Prova de Vida

Outro procedimento obrigatório é provar que o segurado está vivo para receber uma pensão. A não apresentação do comprovante de vida pode levar à suposição de falecimento do segurado e à suspeita de fraude, o que afeta o pagamento do benefício.

Por último, deve-se observar que o segurado foi preso e detido. No entanto, o pagamento da pensão cessará, mas as transferências retornarão quando o indivíduo recuperar sua liberdade.

 

Sobre Autor

Relacionados

Deixe seu comentário

© 2022 - Renda e Dinheiro – Tudo Sobre Finanças